domingo, janeiro 14, 2007

_
autópsia
Programa Microfonia passa a ser transmitido pela Rede TV do Pará

por Ahmad Jarrah
do Próxima Cena



gravação do programa


O Microfonia, pra quem desconhece, trata-se do primeiro e único programa de entretenimento da televisão paraense, não bastasse, ainda é focado na cena independente de música de Belém e recebeu uma proposta da Rede TV para ser veiculado em 11 municípios do estado. A Próxima Cena estabeleceu contato emeesseênico com a produtora do programa, Zena Gorayeb, que nos contou mais sobre esta novidade e o conceito do programa.

Próxima Cena: O que você acredita que fez a Rede TV visualizar essa proposta de um programa independente focado no underground como viável pra eles?

Zena Gorayeb: Na verdade a emissora mudou de diretoria, antes a Rede TV era filiada a TV Rauland (TV local) onde passava meu programa, daí perderam a concessão. A Rede TV local transmitia uma programação muito popular e sem conteúdo nenhum, uma verdadeira porcaria. A nova diretoria teve uma maior preocupação nos seus programas locais, e nos convidou para transmitir nosso programa na nova emissora, por acreditarem na proposta e por ser um programa de conteúdo cultural.

Próxima Cena: Onde está a identidade cultural do programa?

Zena Gorayeb: Nosso objetivo é divulgar as bandas do cenário independente. O programa serve de canal de divulgação das várias manifestações artísticas e culturais do estado, serve pra divulgar tudo o que é excluído da grande mídia. O programa constitui de 80% de musicas (com bandas tocando ao vivo no programa) e 20% de conteúdo cultural (matérias).

Próxima Cena: E você acredita q mesmo estando numa grande mídia um programa com esta proposta pode ser considerado uma mídia independente? Por quê?

Zena Gorayeb: É independente porque é nosso! É da galera, a gente faz o que quiser...decidimos tudo. Tenho uma equipe grande que trabalha muito porque acredita no projeto, nem a emissora tem o direito de se meter na linha editorial. Por isso que é independente!


equipe do programa Microfonia


Próxima Cena: Quantas pessoas fazem parte da equipe e como vocês viabilizam os recursos para estrutura e salários?

Zena Gorayeb: (risos) Não existem salários, todo mundo trabalha de graça. Temos o grande patrocínio da melhor produtora de Belém, a Floresta. Ela entra com todo o equipamento e estrutura de gravação. São 3 câmeras, 3 cinegrafistas e a edição, e ainda transmitem de graça nosso programa em 11 municípios do estado através da SBT.

Próxima Cena: Toda a equipe está ligada à cena independente?

Zena Gorayeb:A maior parte. A apresentadora é vocalista de banda de rock, a Sammliz do Madame Saatan, o técnico de áudio é guitarrista de banda de hardcore, Rennegados. O assistente de palco também é guitarrista, o diretor do programa é guitarra e vocal da banda de hardcore Recruta Zero, eu sou produtora da banda de hardcore Delinqüentes, o produtor é skatista. São três assistentes, minha melhor amiga, que sempre trabalhou comigo, o Ruy q é inliner e curte musica (um excelente roadie) e o outro assistente é um grafiteiro e skatista também. O diretor de arte é baixista da banda Rennegados, ele cuida da campanha e identidade visual do programa. Acho que é isso, todo mundo no meio!

Próxima Cena: E como estão os debates de questões acerca da cena independente do audiovisual e Belém?

Zena Gorayeb: A gente produz videoclipe das bandas (Delinqüentes e Baby Loyds), temos um quadro fixo no programa chamado Super8, que fala sobre as produções audiovisuais independentes. Mas não tola muita união.

Próxima Cena: A união a gente debate depois, porque o assunto é longo. (risos)

Um comentário:

Casa Fora do Eixo disse...

pra esquentar, assista o democlipe do claudias em seu último show, sexta no neurô. A música é Quase Principal que é o tema do clipe que será rodado a partir de terça. http://www.youtube.com/watch?v=w8bk43MISxI